Conversas de Justiça e Paz

Com informações da Rede Brasil Atual, Rádio Vaticano e Conselho Indigenista Missionário.

 “E vocês, em suas tradições, em suas culturas – porque o que vocês trazem na história é cultura – vivem o progresso com um cuidado especial pela mãe terra. Neste momento, em que a humanidade está pecando gravemente ao não cuidar da terra, eu vos exorto para que sigam dando testemunho disso e não permitam que novas tecnologias, que são lícitas e são boas, mas não permitam aquelas que destroem a terra, destruam a ecologia, o equilíbrio ecológico e que terminam por destruir a sabedoria dos povos” leia mais   clique aqui

JpegA Comissão Justiça e Paz de Brasília realizou, neste 03 de julho, no Auditório Dom José Freire Falcão, mais uma edição das “Conversas de Justiça e Paz” do ciclo de 2017. O tema deste encontro foi “Brasil: horizontes éticos e políticos para superar a crise”.

A mesa, moderada pelo membro da CJP Mauro Noleto, foi aberta com a exortação do Cardeal Dom Sérgio da Rocha, Arcebispo de Brasília e Presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB. Em sua exortação, Dom Sérgio enfatizou que, para além da crise política e econômica, vivemos também uma crise de valores, que nos leva a refletir sobre qual projeto de país e de nação queremos construir: “o momento de crise econômica e política tem se revelado como um momento de crise ética e por isso precisamos aprofundar ainda mais a reflexão sobre os horizontes de superação dessa crise”. Antes de passar a palavra aos expositores, a quem agradeceu a disponibilidade de colaborar com a reflexão proposta, D. Sérgio concluiu sua saudação com a certeza de que aquele encontro representava um “sinal de esperança” de que poderemos, sim, superar essa crise pelo diálogo e pela reafirmação dos compromissos éticos sem os quais as eventuais saídas políticas ou econômicas que se apresentem são insustentáveis.leia mais   clique aqui

“Como a solidariedade, também a ética incomoda; ela é considerada contraproducente; como muito humana, porque relativiza o dinheiro e o poder; como uma ameaça, porque rejeita a manipulação e a submissão da pessoa. ”

Papa Francisco. Discurso aos embaixadores,
Sala Clementina no Palácio Apostólico do Vaticano
Quinta-feira, 16 de maio de 2013.

Convite_Conversa de Justiça e PazO país atravessa, mais uma vez, grave crise ética e política. Nem ainda completamos um ano do traumático processo de impeachment da Presidenta da República Dilma Roussef, e as multidões já retornaram às ruas, novamente em junho, mas dessa vez clamando por eleições “diretas já”. A cada nova (fase de) operação da Polícia Federal, a cada novo vazamento de interceptações telefônicas, a cada nova “delação premiada”, o enredo dos escândalos políticos ganha semanas ou até meses de novos capítulos fartamente editados e explorados pela cobertura midiática, gerando um ambiente de instabilidade social, política e econômica, cujos efeitos deletérios sobre o cotidiano da sociedade brasileira não tardam a se mostrar. Personagens políticos que antes acusavam, contritos, agora também são alvo de acusações com aparente farto material probatório.leia mais   clique aqui

Esse foi o tema da Conversa de Justiça e Paz do mês de junho,  realizada no dia 5, no Auditório Dom José Freire Falcão, na sede da Cúria Arquidiocesana de Brasília, cumprindo programação da Comissão  Justiça e Paz de Brasília.

Participaram da Conversa, convidados pela CJP/DF, a universitária Mestre em Relações Internacionais pela UnB Laura Lyrio (Juanita), integrante do Movimento Levante Popular da Juventude; o estudante secundarista Gabriel Pereira, Dirigente do Grêmio do CEM 111 do Recanto das Emas, integrante do Movimento RUA - Juventude Anticapitalista e membro do coletivo TV Reflexo Digital pela Democratização da Comunicação; e Tadeu Rocha, indicado pelo Setor Arquidiocesano de Juventude.leia mais   clique aqui

Convite_JUCENTUDE e CULTURA de PAZEsse será o tema da Conversa de Justiça e Paz do mês de junho, a se realizar no dia 5, das 19h às 21h, no Auditório Dom José Freire Falcão, na sede da Cúria Arquidiocesana de Brasília, Anexo da Catedral (Esplanada dos Ministérios).

Para essa Conversa foram convidados a estudante universitária Laura Lyrio (Juanita), integrante do Movimento Levante Popular da Juventude; o estudante secundarista Gabriel Pereira, diretor cultural do Grêmio do CEM 111 pelo Partido da Revolução Estudantil e militante do movimento RUA. Também convidado Tadeu Rocha, Bacharel em Sistemas de Informação pela UFMG indicado pelo Setor Arquidiocesano de Juventude.leia mais   clique aqui